terça-feira, 3 de novembro de 2015

Está passando por momentos difíceis? Então leia isso!



"Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração."
(Romanos 12:12)

Regozijar é se alegrar, deleitar-se, tornar feliz. Regozijo é o mesmo que prazer, felicidade, satisfação.Esperança é a ação de esperar, expectativa. Tribulação é o mesmo que sofrimento, desgraça, aflição. Ser perseverante é ser contínuo, permanente, contante.

Todos nós temos esperança em alguma coisa, seja um sonho, um objetivo ou um desejo. A Bíblia nos diz que há um tempo determinado para cada coisa e que os pensamentos de Deus não são como os nossos. Algumas coisas demoram a acontecer, aos nossos olhos, outras não acontecem por não ser da vontade de Deus. Aí começamos a desanimar. O sofrimento toma conta de nós e começamos a perder a esperança. Com isso, desanimamos e paramos de orar. 
Mas Deus diz que devemos nos alegrar na esperança. E como podemos saber se aquilo que esperamos é da vontade de Deus? Simples, a vontade de Deus é boa, agradável e perfeita, como diz em Romanos 12:2. E se ela está de acordo com a vontade de Deus devemos nos alegrar, sabendo que ela se cumprirá no tempo certo. Traga a sua memória aquilo que te dá esperança (Lamentações 3:21) e firme-se na certeza de que, hoje você não vê, mas ainda verá aquilo que você espera se cumprir (Hebreus 11:1)



Se aquilo que você espera é da vontade de Deus, antes de receber você terá que passar por uma prova e o inimigo fará de tudo para te fazer desistir. É nesse momento que você deve ser paciente e se lembrar daquilo que tanto espera, com alegria, sabendo que tudo o que acontece coopera para o seu bem. Mas se o que espera não é da vontade Dele, ainda assim você deve entregar aquilo no altar de Deus e esperar que o sofrimento passe, pois para matar nossa carne é preciso sacrifício e muito esforço e é preciso se lembrar que Deus tem algo muito melhor do que aquilo que desejamos. É preciso alimentar nosso espírito e, isso, só conseguimos através da Palavra de Deus e da oração. Quando as tribulações vierem, mesmo que estejamos desanimados, devemos continuar orando por aquilo que esperamos. É através da oração que ganharemos renovo e força, e Deus nos lembrará de que, no final, tudo será melhor do que esperamos e Ele fará além do que podemos imaginar (Jeremias 29:11/Efésios 3:20)


terça-feira, 20 de outubro de 2015

A perfeita comunhão

"A graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vós!" 
(1 Coríntios 13:14)

Não conheço um versículo melhor do que este e mais perfeito para falar da Trindade Divina. Jesus Cristo veio ao mundo para morrer por nós, que somos pecadores. A graça é um favor imerecido, algo que recebemos, mesmo sem merecer. Não merecíamos isso, mas Ele nos salvou e, por isso, a graça de Jesus nos alcançou. A graça nos lembra do sacrifício de Jesus na Cruz. 

O amor de Deus é um amor incondicional, Ele é justo e por isso nos disciplina. O amor de Deus é completo e uma de suas maiores características é a justiça. 

O Espírito Santo é o que nos une a Deus, é dele que precisamos para ter comunhão com Deus e até mesmo com nossos irmãos, pois ele é o nosso guia, nosso ajudador. É ele quem nos ajuda a amar o próximo, os nossos inimigos e a buscar a paz. 

Quando entendemos isso passamos a amar mais a Deus e a viver na sua plenitude. Que a graça de Jesus, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo estejam com você!









segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Todos juntos por um só Deus!



“Proclamem a majestade do SENHOR comigo, e todos a uma voz, exaltemos o seu Nome.”
(Salmos 34:3)

Proclamar a majestade do Senhor é anunciar que Ele é Rei, declarar isso para que outros ouçam e reconhecê-lo como Rei dos reis e Senhor dos senhores. Só há um Deus único e verdadeiro, essa conversa de que todos nós servimos ao mesmo Deus é uma mentira! Muitos se iludem pensando dessa forma e esta é apenas a maneira que encontram de deixar a religião de lado e se unir ao mesmo “deus”.
A Verdade é uma só, não há outro Deus que possa fazer algo por você e que tenha poder para movimentar tanto o mundo natural como o espiritual, somente este: Deus (com “D” maiúsculo)!

E há somente um caminho para chegar até Ele: Jesus Cristo (João 14:6). Tudo o que diz respeito à fé, mundo espiritual e orações, deve se referir somente a esse Deus. Passou disso, para muitos, infelizmente não é a esse Deus que você está se referindo. Não há outro caminho, não há outro intercessor e se você acredita que há outro meio de falar com Deus sem que seja através de Jesus Cristo, você pode estar cometendo o maior erro da sua vida e se iludindo! Não quero falar de religiões e muito menos atacar as pessoas com suas diferentes crenças, mas não posso deixar de compartilhar o que a Palavra de Deus diz. Se você acredita na Bíblia, não deve acreditar somente naquilo que você concorda, mas nela inteira! Em Isaías 42:8 diz:

"Eu Sou Yahweh, o SENHOR; este é o meu Nome! Não dividirei a minha glória a nenhum outro ser, tampouco entregarei o meu louvor às imagens esculpidas."

Aqui não está falando somente de “santos” e das imagens na Igreja Católica, mas de qualquer outro ser – seja lá qual for a religião e de qualquer tipo de imagem que você entrega seu louvor ou culto. Idolatria não é somente isso, mas tudo o que toma o lugar de Deus em seu coração e sua vida. Um carro pode se tornar objeto de idolatria para você, um celular, uma pessoa, a foto de uma pessoa querida que já faleceu e até mesmo a imagem ou escultura de algo ou alguém que você acredita que pode te aproximar de Deus.

 Somente Jesus pode te aproximar de Deus e isso só é possível através do Espírito Santo. Essa é a Trindade Divina. Vou tentar explicar isso em poucas palavras: Jesus, aqui na Terra, era Deus em forma de homem. A Palavra de Deus diz que não podemos ver sua face, não suportaríamos sua Glória (Êxodo 33:19), pois somos pecadores e Ele é Santo. E foi por isso que Deus veio em forma de homem, para que pudesse passar pelas mesmas coisas que nós passamos, mas com uma grande diferença: Ele suportou tudo e jamais pecou.
Mas Jesus morreu por nossos pecados, cumpriu seu propósito aqui na Terra e ressuscitou. Agora, Ele está assentado à direita de Deus (Marcos 16:19) e nós estamos aqui na Terra  ainda. O único meio de se aproximar de Deus, é através de Jesus Cristo e a única forma de fazer isto é através do Espírito Santo. Ele é a forma que Deus usa para estar em comunhão conosco, pois é Ele quem nos consola, nos guia e conforta. Ele é a ponte que nos liga ao mundo espiritual. Mas em resumo, os três são um só: Deus. Quando o homem se casa com uma mulher e tem relação sexual, eles e tornam uma só carne (Marcos 10.7-8), ou seja, são duas pessoas que se tornam uma só. Não é algo que vemos no mundo físico, mas no mundo espiritual. Assim também acontece com Deus, Jesus e o Espírito Santo.



Todas as orações, rezas e pedidos que são feitos para outros seres que não façam parte dessa Trindade, não são para o Deus único e verdadeiro! A Bíblia não se cansa de falar disso. Ninguém que já morreu ou que não tem vida (objetos) pode fazer algo por nós aqui na Terra ou lá no céu! Somente aquele que morreu e ressuscitou e, este, só Jesus! Nem mesmo os anjos podem fazer algo por nós a não ser que Deus ordene, mas isto é algo que parte de Deus para a Terra e não da Terra para Deus. Não importa sua crença ou religião, se você acredita que qualquer outro ser, que não esteja na Trindade Divina (Deus, Jesus e o Espírito Santo), pode fazer algo por você, então você não está vivendo o verdadeiro Evangelho, o que se encontra nas Escrituras! Não adianta ficar bravo por ouvir ou ler isto e também não adiante fechar a cara e parar de ler, não vai mudar a realidade. 

Pode ser católico, evangélico, espírita ou qualquer outra religião, se não está de acordo com o verdadeiro Evangelho, está errado! Há católicos que acreditam que uma imagem pode protegê-los, há evangélicos que acreditam que colocar uma arca da aliança em sua casa, vai livrá-los de todo mal, assim como há espíritas que acreditam que acender uma vela colorida vai trazer proteção à eles. Há católicos que adoram imagens, mas sabem o verdadeiro significado de “união entre irmãos”, há evangélicos que não adoram imagens, mas só sabem plantar discórdia entre os irmãos, há espíritas que não adoram imagens e nem plantam discórdia, mas são mais unidos do que muitos católicos e evangélicos! Perceba que o erro não está nas religiões, mas no homem que está vivendo ela.

"Nenhuma religião salva e nos leva para mais perto de Deus, ela foi criada pelo homem, que é falho e pecador! Somente Jesus Cristo salva e somente Ele nos leva para mais perto de Deus, porque Ele é santo e jamais falhou!"


“Há um só corpo e um só Espírito, da mesma forma que a esperança para a qual fostes chamados é uma só; há um só Senhor, uma só fé, um só batismo,  um só Deus e Pai de todos, que é sobre todos, por meio de todos e em todos.”
(Efésios 4.4-6)


Vamos orar juntos?

Senhor Jesus, obrigado pela compreensão e discernimento da Tua Palavra. Independente de quem somos e de qual seja nossa crença, que possamos todos juntos e unidos em uma só voz, declarar que só o Senhor é Deus, só Jesus salva e não há outro mais Poderoso do que o Senhor. O Senhor é Santo, o Senhor é Rei, o Senhor é Soberano e Glorioso. Ajude-nos a ser um povo mais unido aqui na Terra, porque se não entendermos isso agora, jamais entraremos no céu, onde todos terão uma única crença e adorarão um único Deus: o Senhor! Precisamos entender que a Igreja somos nós e não um Templo, que o verdadeiro culto acontece dentro do nosso coração e não ao nosso redor. Que possamos nos unir e em uma só voz declarar: só o Senhor é Deus! Nos livre de todo engano e de tudo aquilo que quer tomar o seu lugar. Nesse momento nós te damos liberdade para o Senhor tomar o seu lugar em nossas vidas e em nossos corações, em nome de Jesus nós oramos. Amém!



segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Não deixe nada para amanhã!

“Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios.”
(Salmos 90:12)





Há uma frase muito conhecida que diz que devemos viver cada dia como se não houvesse amanhã. Muitos acabam levando isso de uma forma inconsequente e tola.
 Nós devemos sim, viver todos os dias como se o amanhã não fosse chegar para nós, mas para que a gente possa fazer hoje, tudo aquilo que precisamos fazer e não deixar passar nenhuma oportunidade.

Cada dia que acordamos é um presente de Deus para nós; são 24 horas que ele nos dá para usar com sabedoria e eficácia, e o mais importante: da maneira como Ele quer.
Mas isso não significa que não devemos nos preocupar com o amanhã e sim que a gente deve se preparar caso ele chegue. Se amanhã nós acordarmos e recebermos mais 24 horas de presente, saberemos o que fazer, mas se não acordarmos mais, partiremos com a certeza de que cumprimos o nosso propósito aqui na Terra e fizemos tudo o que era necessário.

Não é fácil viver isso e aplicar essa palavra em nossa vida, mas é necessário que a gente tente. Quando Deus ministrou isso em meu coração, fiquei muito preocupada, pois eu sou uma dessas pessoas que deixa muitas coisas para amanhã e acabo perdendo muitas oportunidades. A gente precisa tomar cuidado, porque se deixarmos para amanhã o que podemos fazer hoje, pode ser tarde demais!


Não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje. O amanhã pode não existir para você!

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Verdadeira Liberdade


"Ora, o Senhor é o Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade."

2 Coríntios 3:17

Servir ao Senhor e adorá-lo nunca deve ser uma carga ou um fardo pesado para nós. Quando somos cheios do Espírito Santo, somos cheios de Deus e a Palavra nos garante que onde o Espírito de Deus está há liberdade. Isso não significa que somos livres para fazer tudo o que desejamos, mas sim que somos livres para fazer tudo o que precisamos.

O mundo nos escraviza, mas Jesus nos liberta!







terça-feira, 8 de setembro de 2015

Descansa nos braços do Senhor!



O salmo 37 é muito conhecido pelos versículos do um ao cinco, que falam de Confiança, Deleite, Entrega e Descanso. Mas ele vai muito além disso, vamos fazer uma análise detalhada e um mapeamento do Salmo 37:

Passo 1, versículo 1: 
“Não te indignes por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos que praticam a iniquidade.”

Não se aborreça com a falsa prosperidade dos maus e dos ímpios;

Passo 2, versículo 2
“Porque cedo serão ceifados como a erva, e murcharão como a verdura.”

No tempo certo a justiça de Deus cairá sobre eles. Deixe a justiça para Deus fazer e não você;

Passo 3, versículo 3
“Confia no Senhor e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado.”

Confie no Senhor e não deixe que a maldade dos outros influencie você e te impeça de continuar fazendo o bem;

Passo 4, versículo 4: 
“Deleita-te também no Senhor, e te concederá os desejos do teu coração.”

Deixe que Deus seja o seu descanso, tenha prazer nele e em estar com ele e não permita que as injustiças te façam pensar que o tempo de Deus é demorado. Quanto mais você não entender e quanto mais demorado for, mais prazer você deve ter em Deus, pois você confia que Ele é soberano e sabe o que está fazendo. Lembre-se que os pensamentos dele não são como os seus.

Passo 5, versículo 5: 
“Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará.”

Entregue a Ele todos os teus problemas, dúvidas, inseguranças, emoções e injustiças. Confie que agora você falou com a pessoa que tem a solução para tudo e, por isso, já não é mais algo que você tenha que se preocupar. Descanse, agora é com Ele!

Passo 6, versículo 6: 
“E ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo como o meio-dia.”


No tempo determinado sua justiça virá. Mas lembre-se que para que a justiça de Deus venha, todos os passos anteriores devem ser praticados.








quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Firme seus pés na Palavra!



"A Lei de Deus está no seu coração, e seus passos não vacilam."

(Salmos 37:31)


Na Bíblia, há muitas passagens que falam sobre guardar a Palavra do Senhor em nosso coração. Esse processo equivale à leitura da palavra, meditação, memorização e aplicação em nossas vidas. Quando a lemos e meditamos nela, começamos a decorá-la. Quanto mais meditarmos na Palavra, mais ela ficará enraizada em nosso coração e teremos sabedoria para aconselhar os outros, dar uma palavra de conforto para quem precisa e, principalmente, andar no caminho reto e que agrada a Deus. Quando conhecemos sua Palavra e temos temor, pensamos duas vezes antes de fazer a vontade da nossa carne e alimentamos mais o nosso espírito. A Palavra, que é a Verdade, é o que nos liberta e nos dá força para fazer aquilo que agrada a Deus.


terça-feira, 25 de agosto de 2015

Relacionamento "Fast Food" com Deus




Só vamos ter um relacionamento íntimo e verdadeiro com Deus, quando aprendermos a nos aquietar na presença dele, desligar o celular, fechar a porta do nosso quarto, calar a voz da nossa alma, falar com sinceridade tudo o que estamos sentindo e sentar para escutar tudo aquilo que Ele quer nos dizer.
Relacionamentos fast food não duram, não são saudáveis e jamais serão verdadeiros.


segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Uma "pequena" reflexão sobre o amor



Quando Deus silencia sua voz é porque ele quer ver até onde vai a nossa fé. E o único posicionamento que ele quer de nós, é que a gente saiba ESPERAR. Esperar pela resposta certa, esperar pela pessoa completa! Esperar que a nossa alma se cale e o nosso coração se acalme.Ele espera que a gente seja completo para que, quando Ele colocar alguém ao nosso lado, venhamos transbordar. Ele espera que a gente se torne a pessoa certa para que ele nos abençoe com a "nossa pessoa certa" (e completa).


O amor não vem para bagunçar, ele vem para colocar as coisas no lugar. Ele não machuca, apenas cura. No amor a gente não se perde, se encontra. Quando encontramos a pessoa certa, somos levados a um caminho reto, puro e santo, que nos leva para mais perto do nosso Criador, daquele que criou a história de amor mais perfeita, aquele que tudo sabe, tudo vê e tudo conhece. Aquele que nos abençoa e que pode unir duas pessoas da forma que ele quiser, não importa se uma está no Brasil e a outra em Nova Guiné. Não devemos tentar entender o amor, ele não foi feito para ser entendido e sim para ser vivido.

Não podemos deixar de vivê-lo só porque fomos machucados, Deus é poderoso e, se você permitir, seus sentimentos e coração serão restaurados. Não se entregue ao "amor" do mundo, que é passageiro. Espere pelo amor de Deus, que nos faz inteiro. No tempo certo haverá o bom encontro e você entenderá que todo o caminho que percorreu foi necessário, ainda que tenha sido um caminho de dor, devemos esperar o melhor do amor, porque de repente ele nos surpreende. De repente você abre os olhos e vê que o sonho não virou realidade, porque Deus fez muito mais além de tudo aquilo que você pediu e sonhou. E aí você descobre que realmente valeu a pena esperar aquele amor...

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Menos ansiedade, mais oração!

"Não andeis ansiosos por motivo algum; pelo contrário, sejam todas as vossas solicitações declaradas na presença de Deus por meio de oração e súplicas com ações de graça. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus."
- Filipenses 4:6,7

Muita ansiedade é sinal de pouca oração. 
Muita oração é sinal de pouca ansiedade. 
Transforme essa ansiedade em sementes de gratidão e colha uma paz que excede todo o entendimento!



segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Série "Situações para reflexão" - Eu escolhi buscar o reino de Deus em primeiro lugar



Esta é uma série de assuntos que vou tratar através de uma história específica, que será ilustrada para melhor compreensão do leitor, e no final haverá perguntas e versículos relacionados para a nossa reflexão.

1º Tema

"Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas."

Será que temos buscado o reino de Deus em primeiro lugar em nossas vidas? O que você entende desse versículo de Mateus 6:33? Acompanhe a história de Steff e veja se você se identifica com alguma situação.

Leia mais em Wattpad



sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Agrada-te do Senhor



Se agradar, deleitar-se, significa deliciar-se em Deus e em seu amor. Não se preocupar com nada, apenas colocar nossos desejos, planos e sonhos diante do altar do Senhor e deixar que sua vontade se cumpra em nós enquanto nos deliciamos em sua presença. Somente sua graça nos basta!
Lembro-me de quando minha mãe fazia bolo de chocolate ou laranja e me dava a vasilha da batedeira para raspar aquele creme da massa. Eu me deliciava com aquele creme enquanto o bolo não ficava pronto. A melhor parte era comer o bolo, mas enquanto eu tinha que esperar ele ficar pronto, me deliciava e me contentava com aquele creme, tanto que até esquecia do bolo naquele momento.
Isso é deleitar-se em Deus, saber que sua graça é o suficiente para nós. Estar em sua presença é tudo o que precisamos. 

Ainda que Ele não atenda aos desejos do nosso coração, se contentar sabendo que Ele tem coisas muito melhores, pois seus pensamentos não são como os nossos.
























terça-feira, 4 de agosto de 2015

Descansando nos braços do Pai


"Confia no Senhor e faze o bem, habita na terra e alimenta-te da verdade."
(Versão ARA)

Palavras-chave: Confiar; Fazer o bem; Habitar; Alimentar-se/Desfrutar

Mesmo diante das injustiças que vemos ou do "sucesso" dos ímpios, devemos confiar que Deus cuidará deles e fará justiça no tempo certo (o Dele não o nosso). Não devemos nos assemelhar a eles e responder da mesma forma. Deus nos manda fazer o bem!
Habitar é o mesmo que morar, estar em casa. A nossa morada deve ser no Esconderijo do Altíssimo (Salmo 91:1), nos braços do Pai, em sua presença.
E, por último, o nosso alimento deve ser a Palavra de Deus. Se habitarmos em seu esconderijo, estaremos seguros e protegidos pela sua Palavra. 

Se seguirmos estes conselhos, tudo o que precisaremos fazer será descansar, sabendo que enquanto fazemos estas coisas Deus estará cuidando das demais.




segunda-feira, 22 de junho de 2015

Quem está batendo à sua porta?



Hoje duas emoções vieram me visitar, a tristeza e a felicidade. Acordei com a gritaria das duas ao discutirem sobre quem se encontraria comigo hoje. Fiquei em silêncio, apenas ouvindo. A tristeza dizia que ela deveria me encontrar, pois ela era uma amiga de infância e sentia minha falta. Estava com saudades e precisava muito me ver, afinal, caminhou comigo por muito tempo. A felicidade não sabia o que dizer, se perdia em seus argumentos e só dizia que tudo o que ela precisava era de uma chance e se ela fosse a escolhida naquele dia, estaria lá e esperando para caminhar para sempre ao meu lado. 




Achei aquilo tudo muito engraçado, realmente a tristeza tinha razão ao dizer que sempre esteve comigo, mas quando aceitei Jesus em minha vida, percebi que ele tinha o tamanho exato do buraco que estava em meu peito e ele realmente me preenchia, mas todos os dias eu tenho que fazer uma escolha: caminhar com a tristeza ou a felicidade. Hoje eu escolho dar uma chance para a felicidade entrar e é com ela que quero caminhar o resto dos meus dias. Felicidade, seja bem vinda. Você tem liberdade para entrar em minha vida.



sexta-feira, 19 de junho de 2015

O fruto do Espírito em nós



Conhecer a Palavra de Deus e decorá-la não é um problema. Sabemos que a nossa maior dificuldade é guardá-la no coração e colocá-la em prática em nossas vidas e no dia-a-dia, pois a carne tem vontades opostas a do Espírito e por isso ela sempre milita contra o Espírito e vice e versa (Gálatas 5:17). Uma das maiores fraquezas do ser humano é reclamar, falar mal dos outros e julgar. Todos nós fazemos isso, mesmo que sem querer, por isso devemos nos consertar todos os dias para que possamos viver o fruto do Espírito e não as obras da carne (Gálatas 5:19-21). Mas como podemos nos policiar com relação a isso e viver de acordo com a vontade de Deus?


Quando falamos mal de alguém ou algo que não edifica a vida da pessoa, estamos amaldiçoando ela de alguma forma. Isso se chama maledicência (Salmos 10:7/1 Pedro 2:1/Colossenses 3:8,9 ). Com isso, podemos causar divisões, inimizades e muitas outras coisas negativas.

Hoje, quero desafiar você a se policiar e a cada vez que se sentir tentado a falar mal de alguém ou reclamar, pensar em uma qualidade ou algo de bom que essa pessoa tenha feito. Compartilhe isso com os outros. Temos a tendência de falar mal de um para o outro, mas nunca falamos bem ou algo de bom que aquela pessoa fez, é muito raro e deveria ser o contrário! Quando começarmos a falar bem, ao invés de mal, estaremos abençoando a vida daquela pessoa, atraindo a bênção de Deus sobre nós e edificando a vida de outros. Quando começarmos a tirar o foco dos defeitos e coisas ruins e a colocar o foco nas qualidades e em coisas boas, começamos a olhar para aquela pessoa com o olhar de Deus e passamos a amá-la. Assim, além de abençoar a vida daquela pessoa, estamos obedecendo ao segundo maior mandamento que Deus ordenou a nós: amar próximo. Ainda que a nossa carne esteja gritando e querendo fazer aquilo que o Espírito não quer (Romanos 7.14-19), que possamos parar, respirar e refletir antes de ceder a vontade da nossa carne, para fazer a vontade de Deus e sermos governados pelo Espírito Santo de Deus que habita em nós.


quinta-feira, 18 de junho de 2015

A verdadeira liberdade



"Todas as coisas me são permitidas, mas nem todas são saudáveis. Tudo me é lícito realizar, mas eu não permitirei que nada me domine."
(1 Coríntios, 6:12)

A Palavra de Deus é clara quanto ao nosso livre arbítrio. Deus não nos proíbe de fazer nada, Ele apenas nos instruí e nos mostra qual é o melhor caminho. Ele é fiel a sua Palavra e não volta atrás do que diz. Se Ele nos proibisse ou nos obrigasse a fazer algo,  então não teríamos o livre arbítrio. Esse versículo nos diz que podemos fazer tudo,  contanto que não nos tornemos escravos dos nossos sentimentos e ações. Mas em 1 Corintios 10:23, encontramos um complemento para este versículo:

Sim, “tudo é permitido”, porém nem tudo é proveitoso. Sim, “todas as coisas são lícitas”, contudo nem todas são edificantes. Aqui, Paulo deixa claro que o fato de termos liberdade para fazer tudo o que quisermos, não significa que devemos fazer. Deus é justo e tudo o que fizermos terá consequências,  sejam elas boas ou ruins. Deus também é amor e por isso ele nos instruí,  mas nos da liberdade para fazermos uma escolha. 

Com tudo isso,  devemos nos lembrar que o maior mandamento é amar a Deus acima de todas as coisas,  ou seja, se o amamos,  obedecemos os seus mandamentos (João 14:21) e entregamos a nossa liberdade a Ele, porque ele é soberano e os pensamentos dele são maiores que os nossos. O segundo maior mandamento é amar o próximo como a si mesmo, ou seja, se aquilo que fazemos serve de tropeço para o nosso irmão,  ou o escandaliza,  ainda que não estejamos errados e nem pecando, devemos abrir mão da nossa liberdade por amor ao próximo. Pecamos a partir do momento em que somos pedra de tropeço para o nosso irmão. 



Em resumo, Deus nos deu liberdade para fazer tudo,  mas se Ele está em primeiro lugar em nossa vida, abdicamos da nossa liberdade,  primeiramente, por amor a Ele e depois por amor ao próximo (Gálatas 5:13-14). Dessa forma estamos sendo fiéis aos dois maiores mandamentos que Ele nos deixou e atraindo a bênção de Deus para as nossas vidas. Essa é a verdadeira liberdade! 




quarta-feira, 17 de junho de 2015

Lute pelos seus sonhos



O primeiro passo para a realização de um sonho é sonhar, o segundo é acreditar e o terceiro,  lutar!  Ainda que ninguém acredite,  ainda que todos te chamem de sonhador e queiram te fazer colocar os pés no chão,  se você tem um sonho e não luta por ele, ele jamais se realizará. Se você lutou por esse sonho, mas ele deu errado, ainda resta mais um passo...Tentar! 

"Tentar" vai de encontro ao terceiro  passo, "lutar". Se não deu certo na primeira,  tente na segunda,  na terceira,  na quarta, até conseguir.  Ah, e após esses três passos ainda existe mais um, o "comemorar". Mas não esqueça que para comemorar não devemos estar sozinhos. Ainda que ninguém acredite em seu sonho e mais ninguém, além de você,  fique feliz por ele, existe alguém que esteve ao teu lado guiando cada um dos seus passos... Não deixe de "ComemORAR" com quem sempre esteve ao seu lado. A oração (falar com Deus) não pode faltar.  Foi Ele quem esteve com você durante toda a caminhada,  te indicou o caminho e te carregou no colo quando foi preciso!





quinta-feira, 11 de junho de 2015

O Senhor não une duas vidas por acaso, mas por propósito.



Para cada ser humano Deus tem um chamado, um propósito. Muitos pensam que foram chamados para serem pastores, missionários, levitas, obreiros, diáconos, enfim. Não, você não foi chamado para “ser”, você foi chamado para “fazer”. Fazer a escolha certa, aquela que vai te levar a cumprir o propósito de Deus para a sua vida com excelência. O nosso chamado é ganhar almas para Jesus, mas Deus tem um propósito específico para cada pessoa. Seja lá qual for o propósito que Ele tem para você, isso envolve dois objetivos: Ganhar vidas para Jesus e passar a eternidade ao Seu lado. Mas para isso você precisa passar por muitas coisas, muitos processos. Deus nos entrega dons e talentos e tudo o que Ele confia a nós é com o propósito de atingir estes dois objetivos no final.

O seu chamado envolve duas coisas, aquilo que você foi chamado para fazer vai te ajudar a cumprir o propósito de Deus com excelência. Mas há uma segunda escolha que devemos fazer e esta é a que pode colocar o nosso chamado em risco, pois Deus tem um propósito, mas nós temos o livre-arbítrio. Desde a criação do mundo, o maior projeto de Deus é a família. Ele nos chamou para ir e multiplicar, povoar a Terra (Gn 1:28). A família começa sempre com duas pessoas, o homem e a mulher. Mas para isto, os dois precisam fazer uma escolha, uma escolha que envolve futuro, chamado e propósito de Deus. O Senhor não une duas vidas por acaso, mas por propósito. Ele quer ao nosso lado alguém que vai potencializar o nosso chamado, completar. Ou seja, seja qual for o seu chamado, essa pessoa deve fazer parte dele. Creio que essa é a escolha mais importante que devemos fazer, pois uma escolha errada pode destruir o nosso chamado e nos fazer perder a salvação. 



Uma escolha errada pode te impedir de fazer aquilo que Deus o chamou para fazer e ao invés de potencializar o seu chamado, pode afastá-lo dele. Vocês serão uma só carne e por isso essa escolha deve ser muito bem feita e com o auxílio de Deus, pois Ele vê lá na frente. O nosso chamado é composto por 50% daquilo que Ele nos chamou para fazer e os outros 50% diz respeito à pessoa que escolhemos para passar o resto da vida ao lado. É isso o que vai definir se você cumprirá o seu chamado e chegará ao alvo, que é Jesus Cristo. Se você fizer a escolha certa, aquilo que Deus te chamou para fazer será feito com muito mais honra e excelência, pois você terá um parceiro ao seu lado para te ajudar em todas as horas, te auxiliar, te completar. Cada um com seu chamado, mas que juntos formarão uma grande dupla para honra e glória do Senhor. A Palavra de Deus diz que melhor é serem dois do que um! Vocês formarão uma grande equipe, ainda que sejam três (você, seu parceiro e Deus).

Mas há uma terceira escolha a fazer, você pode escolher viver somente para Deus e não se casar. Segundo o apóstolo Paulo, essa é a melhor escolha, pois o seu tempo e energia serão somente para Deus, você não se preocupará com os conflitos do casamento e nem com filhos, mas somente com as coisas de Deus. Poucos são chamados para viver uma vida assim, sejam solteiros ou viúvos, mas estes, Deus mesmo supre suas carências e necessidades. Eles não sentem o desejo de ter alguém e são felizes e plenos somente em Deus. Mas ainda assim, o projeto de Deus continua sendo a família. Se você tem esse desejo no coração, pode ter certeza que Deus não o chamou para o celibato.


Seja lá qual for a sua escolha, lembre-se sempre de que essa escolha não envolve apenas você. Ela envolve o seu chamado, Deus, almas, a sua salvação e a de outras pessoas. Por isso, busque sempre a direção de Deus e não faça uma escolha baseada em coisas superficiais ou irrelevantes. A melhor escolha é aquela que sempre vai te levar para próximo de Deus, esteja onde estiver e seja lá o que for que você esteja fazendo. Coloque o seu coração em Deus e Ele alinhará os seus desejos aos dele para que você faça a melhor escolha.


segunda-feira, 18 de maio de 2015

Onde começa o pecado?



Se afirmarmos que estamos sem pecado, enganamos a nós mesmos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça.
(1 João 1:8-9)

Muito se ouve falar a respeito do pecado, mas este é um assunto que raramente é discutido. Os líderes, pastores e até mesmo os nossos irmãos em Cristo costumam nos acusar bastante e falar do pecado dos outros, cometendo um grave erro que é julgar o seu irmão (Mateus 7:1-5). Outro que adora nos acusar – e é neste ponto que quero chegar – é o diabo. E, infelizmente, muitas vezes nós caímos em suas armadilhas e sofremos de graça, quando deveríamos apenas nos refugiar em Deus.
Você sabe o que é pecado? Pecado é quando erramos o alvo e fazemos aquilo que desagrada a Deus. O nosso alvo deve ser Jesus Cristo (Filipenses 3:13-14). Quando não fazemos o que o agrada, então desagradamos o Senhor e saímos da rota. Só existem dois caminhos, ou você o agrada ou não! Mas falar de pecado é algo muito complexo, não vim aqui para te acusar e dizer que você tem que parar de pecar porque isso não agrada a Deus. Isso você já sabe. Quero falar de algo que não é muito comentado e que talvez você nunca tenha ouvido falar a esse respeito:

QUANDO O PECADO COMEÇA?

Você é uma pessoa casada, de repente, se depara com outra pessoa e se sente atraído (a). Como você se sente depois? Pequei! O que o diabo joga em sua mente? “Você é sujo, a Palavra de Deus diz que se o homem olhar para a mulher e desejá-la, já adulterou”. Ai o que você faz? Dá conversa para o diabo, senta e toma um cafezinho com ele: “É verdade! Sou um pecador, acabei de adulterar porque olhei para aquela mulher e me senti atraído.” Você logo aceita a conversa do diabo, o escuta e não procura saber o que Deus pensa a esse respeito. 

Mas o que será que Deus pensa? Vamos fazer uma análise da situação:

Neste caso, a Palavra diz em Mateus 5.27-28, que qualquer que olhar para uma mulher e desejá-la, já cometeu adultério em seu coração. Mas olha como o diabo é astuto, você não desejou aquela mulher, você apenas se sentiu atraído. Isso é de Deus e é bom, é sinal de que você funciona perfeitamente da maneira como Deus te criou, afinal, se não fosse isso você não teria conhecido e se casado com sua esposa. Você não tem culpa por sentir atração por uma pessoa, mas você peca a partir do momento em que esse sentimento é alimentado. Então a atitude certa, neste caso, seria você não olhar mais para aquela mulher, procurar se manter distante e vigiar os seus pensamentos. O diabo vai jogar coisas em sua mente para te fazer pecar, mas você tem autoridade, pelo nome de Jesus, para repreender esses pensamentos e não pecar.



Há uma grande diferença entre sentir e reagir. Uma das definições para a palavra “reagir”, é “demonstrar reação”. É aqui o ponto onde o pecado pode começar ou não. Você não pode se culpar por sentir alguma emoção ou sensação, estamos sujeitos a isso, mas o pecado começa a partir do momento em que você reage de forma errada àquele sentimento ou situação. Por exemplo, vamos falar sobre a raiva. Você viu um homem espancando uma criança, você sente raiva e a vontade que você tem é de ir lá e fazer a mesma coisa com este homem, espancá-lo. Não é errado você sentir isso, mas nem por isso você vai alimentar essa raiva e cometer o mesmo erro que ele está cometendo, agir com violência! Se você fizer isso, a sua raiva o levou a pecar, mas se você apenas colocar esse sentimento diante de Deus e tomar a atitude certa, essa raiva irá lhe trazer benefício e não o levará a pecar.

CONCLUSÃO

Muitas vezes temos sentimentos e emoções que nos machucam e nos levam a pecar, mas o que não sabemos ou não nos atentamos é que o problema não está nos sentimentos e emoções que temos, mas em nós e nossas reações. O pecado não começa quando sentimos raiva, medo, rancor, ciúmes... O pecado começa quando alimentamos esses sentimentos e reagimos de uma forma errada, que nos leva a pecar. A raiva pode te fazer matar alguém ou sair do comodismo e tomar uma atitude certa. O medo pode te paralisar ou te fazer confiar mais em Deus. O rancor pode te afastar de uma pessoa e carrega-la por falta de perdão ou te aproximar dessa pessoa e te fazer alguém mais humilde. O ciúme pode trazer destruição para você e aos que são o foco dele, ou ser transformado em zelo e aumentar o seu amor por aquela pessoa.

Que a gente possa se preocupar mais com as nossas reações do que emoções.  Quando focarmos mais em nossas atitudes e se elas agradam ou não a Deus, teremos uma vida muito melhor e menos complicada.


"O problema não está nos sentimentos e emoções que você tem,
mas em você e suas reações."





terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Prosseguindo para o Alvo!



“Reclamaram contra Deus, resmungando: Será que Deus é capaz de nos dar uma comida gostosa aqui no meio do deserto?”

(Salmos 78:19)


Essa passagem fala de quando Israel estava no deserto e murmurava, esquecendo-se dos milagres que Deus havia feito e não confiando que receberiam as promessas de um futuro melhor, olhando assim para o passado, para o tempo em que viviam na escravidão do Egito. Muitas vezes nos deparamos com esta mesma situação. Nos encontramos em meio a um deserto, onde não conseguimos crer nas promessas de Deus. Passamos por diversas provações e situações onde Deus quer nos ensinar algo, mas ficamos tão atribulados que só conseguimos sentir o calor escaldante do dia e o frio intenso da noite. Em Filipenses 3:13-14, diz para esquecermos das coisas que ficaram para trás e avançarmos, prosseguindo para o alvo, que é Cristo Jesus. Que nesses momentos em que estivermos passando por grandes desertos, possamos nos lembrar apenas das coisas boas do nosso passado e tê-lo como testemunho de tudo o que Deus já nos livrou, vivendo o nosso presente, sem pensar em retroceder e olhando para o alvo, que é Jesus Cristo, tendo a esperança de que o futuro que nos espera, tanto nesse mundo terreno como na eternidade, é muito mais glorioso do que aquilo que estamos vivendo.


segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Correndo em direção ao prêmio



“Numa corrida todos correm, porém só uma pessoa consegue o primeiro prêmio. Portanto, disputem sua corrida para ganhar.”

(1 Coríntios 9:24)


A vida é uma corrida onde você deve estar pronto para competir e correr em direção à linha de chegada, certo de que a vitória estará lá, te esperando. Quem para no meio do caminho por cansaço, medo de perder ou de ficar para trás, pode até se recuperar depois e vencer seus limites, mas aí pode ser tarde demais. Enquanto você parou para recobrar suas forças, outro já pode ter alcançado a linha de chegada. Mas nunca é tarde! Com Jesus como mestre, o Espírito Santo como guia e a ousadia para enfrentar seus medos, a vitória é garantida.



domingo, 15 de fevereiro de 2015

Não desperte o amor antes do tempo!



“Conjuro-vos, ó filhas de Jerusalém, pelas gazelas e cervas do campo, que não acordeis nem desperteis o meu amor, até que queira.”
(Cantares 2:7)


Cantares de Salomão é um livro muito bonito e romântico, onde é expressado o amor do rei Salomão pela mulher sulamita e vice e versa. Ao mesmo tempo, é considerado um paralelo entre a igreja (noiva de Cristo) e o Senhor. Podemos tirar muitas coisas boas através deste pequeno livro e uma delas é o que está escrito no versículo acima. Aqui, consigo ver dois sentidos para este versículo. O primeiro é que a mulher sulamita adverte as servas do rei Salomão a o deixarem descansar a vontade em seu leito. O segundo é que ninguém venha despertar o amor (sentimento) antes do tempo certo, pois o amor não nasce de um dia para o outro, mas ele vem com o tempo, com a convivência entre duas pessoas. Mas quero fazer um paralelo entre situações temporais e o nosso sono. Você já percebeu o que acontece quando não dormimos o suficiente e, pior, quando estamos naquele sono profundo e alguém nos acorda de repente? Ficamos cansados, com mau humor e nervosos.

 Isto ocorre porque além de não deixarmos o nosso corpo descansar o tempo necessário para repôr as forças, nós somos pegos de surpresa. Passamos o dia todo com o corpo pesado e muitas vezes sonolentos, com a memória fraca e dispersos. Assim também é com todas as situações ao nosso redor. Para cada coisa há um tempo determinado e não podemos mudar isso. Muitas vezes pedimos para Deus acelerar o processo, nos entregar aquela bênção que, há anos, estamos esperando, mas será que estamos prontos para isso? E se Deus nos entregar e aquilo se tornar maldição ou pedra de tropeço em nossas vidas? Muitas vezes Deus quer nos entregar, mas quer tratar o nosso caráter e mudar algumas situações ao nosso redor para que aquilo seja bênção e seja o melhor em nossas vidas. Há uma frase muito conhecida que define bem isso, 

“A coisa certa na hora errada acaba se tornando a coisa errada!”



sábado, 14 de fevereiro de 2015

Descansando em Deus



“Deleite-se no Senhor, e ele atenderá aos desejos do seu coração.”
(Salmos 37:4)


Sempre tive muita dificuldade em entender o que é descansar em Deus. Creio que isso aconteça devido a ansiedade que opera em mim e me impede, muitas vezes, de descansar em Deus. Diante de algumas circunstâncias que tenho vivido, tenho aprendido a lançar toda ansiedade em Deus e a descansar nele. Deitar a cabeça no travesseiro e sonhar os sonhos de Deus, dormir alegre e sorridente, não porque a vida está uma maravilha, mas porque mesmo em meio a todas as dificuldades que tenho enfrentado, tenho a paz de Deus que me faz confiar nele e descansar, sabendo que o melhor está por vir e que enquanto me deleito nele, Ele está agindo em meu favor. 

Descansar em Deus quando tudo está bem e dando certo não é descansar. Aprendemos a descansar em Deus somente quando tudo vai mal e não sabemos nem para onde estamos indo. Se você esta vivendo essa fase, não veja como uma provação ou tribulação, veja como uma oportunidade de descansar  em Deus e provar dos milagres sobrenaturais que ele opera. Pare agora e simplesmente descanse nos braços do Pai.


Meus trabalhos